Como lidar com esta crise?

Estamos passando por uma fase difícil no momento, principalmente devido às incertezas que temos, pois é algo que nunca aconteceu aqui na Holanda depois da segunda Guerra mundial. E a maioria dos brasileiros nunca passaram por uma crise dessas. Por isso ninguém sabe como agir. Tanto as autoridades de saúde e o governo estão aprendendo com os outros países, onde a crise começou, e a cada dia eles têm novas medidas de conduta para a sociedade e cada indivíduo, baseadas nas novas descobertas e estudos que fazem diariamente. Por traz disso tem uma equipe grande de especialistas em várias disciplinas pensando e trabalhando juntos com o mesmo objetivo: Tomar decisões adequadas e realistas, tentando limitar o máximo o número de vítimas e danos para a sociedade em geral.

Certamente essa fase vai passar. Não sabemos ainda quais as consequências para nós mesmos como indivíduo nem para a sociedade, a economia, o mercado de trabalho, etc. Nesta fase precisamos cuidar do nosso íntimo para evitar que criamos uma pandemia psicológica, precisamos cuidar uns aos outros e reconhecer a necessidade de ajuda. Resta-nos fazer cada um o nosso melhor, colaborando com as autoridades, e tomando as nossas medidas de precaução, solidariedade e ajudando uns aos outros sempre que possível. Em momentos de crise necessitamos ter calma, não entrar em pânico, ter confiança que vamos sair dessa mais ricos de experiência e conhecimento.

Quem corre o risco de ser contaminado pelo coronavirus?

Todos nós corremos o risco  de pegar o vírus. Não apenas na Holanda mas em todos os países. Uma característica de vírus é sua capacidade de adaptação, está sempre se modificando, por isso fica difícil criar uma medicação ou tratamento para cuidar do paciente. O que a medicina tenta com toda virose é criar uma vacina mas isso demora. Porém, pegar o vírus não significa ficar doente. Você ou seu vizinho podem ter o vírus no corpo sem saber e não sentir nenhum sintoma. Por isso devemos evitar contato físico. As pessoas mais vulneráveis podem adoecer mais facilmente e se isso acontecer é mais sério, é o caso de:

  • idosos,
  • portadores de doenças como diabetes, doenças pulmonares ou do sistema respiratório, doenças do coração, etc.,
  • pessoas com problemas no sistema imunológico, como quem está sob tratamento de câncer, quem teve alguma cirurgia recentemente, etc.

Como evitar o contagio?

Acredita-se que o contágio apenas acontece de pessoa para pessoa, por isso as seguintes medidas devem ser tomadas:

  • Manter distância de 1,5m das pessoas nos lugares públicos como supermercado ou rua, etc.
  • Não tocar nas pessoas (aperto de mão, abraço, beijos)
  • Lavar as mãos com sabão sempre que chegar em casa ou em algum outro lugar.
  • Não frequentar lugares com muita gente, por isso os bares e restaurantes foram fechados, os concertos e eventos públicos foram cancelados, etc.
  • Não visitar pessoas, porque não sabemos se elas já estão contaminadas mas também para proteger as outras pessoas porque não sabemos se nós estamos contaminados.
  • O uso de máscaras não foi aconselhado pelas autoridades holandesas pelo seguinte:
    • Nem todas as máscaras são eficientes, apenas as muito boas e caras,
    • As máscaras podem ser usadas apenas uma por dia, ou seja todo dia uma nova,
    • Manter distancia é mais eficiente do que mascara,
    • Não temos no país uma quantidade de máscaras suficiente para todos (mais de 17 milhões por dia?)

Como contribuir com as autoridades?

  • Respeitar e cumprir as orientações das autoridades, para isso é necessário se manter informado das últimas recomendações.
  • Cuidar também dos funcionários públicos, por exemplo de não chegar perto dos motoristas de transporte público, atendentes públicos, os caixas da lojas e supermercados, trabalhadores da área de saúde, evitando assim contamina-los, para que possam continuar trabalhando e nos servindo.
  • Não visitar pessoas doentes, idosas e vulneráveis.
  • Tentarmos ver as necessidades coletivas em vez de pensarmos apenas em nós mesmos ou em nossas famílias.
  • Ao fazer compras lembrar que depois de nós pode vir uma pessoa idosa, doente e necessitada que não pode voltar ao supermercado, ou um trabalhador na área da saúde que trabalhou o dia todo e precisa se alimentar também para amanhã atender de novo os pacientes.
  • As autoridades estão pedindo para quem tiver máscaras em casa oferecer aos hospitais ou centros de saúde, pois eles estão em falta e esses profissionais precisam de máscaras para proteção dos pacientes considerando que não podem manter distancia.
  • Nos empenharmos em cuidar uns dos outros, ajudar os mais necessitados. Esse não é um problema individual mas de toda a comunidade.
  • Todo mundo que quiser pode se oferecer para ajudar de alguma forma nos hospitais, asilos, etc.